conecte-se conosco

Apreensão

Operação “MAMON” aprende carros de luxo, milhões em reais e mais de 6T de drogas

Publicado

em

A Operação “Mamon” fez uma apreensão recorde de aproximadamente 6 toneladas de drogas no interior do Amazonas, deflagrada pela Polícia Civil, por meio do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO). Dez pessoas foram presas e os policiais apreenderam ainda carros de luxo e R$ 3 milhões em espécie.

Participaram ainda do trabalho equipes do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Grupo Fera) e de Delegacias de três cidades. O chefe da quadrilha, de nome não divulgado, seria empresário e teria três empresas no seu nome, que fariam o serviço de lavagem de dinheiro e transporte dos entorpecentes.

Segundo o diretor do DRCO, Rafael Allemand, ao longo da operação, 10 pessoas foram presas, e as equipes policiais aprenderam, também, 20 veículos, uma lancha, duas balsas, um jet ski, joias e o dinheiro em espécie pertencentes a um narcotraficante atuante na capital.

Allemand destacou que a ação foi deflagrada em Manaus, e nos municípios de Barreirinha, Japurá e Manaquiri, situados, respectivamente, a 331, 744 e 60 quilômetros em linha reta da capital.

Todo material apreendido está avaliado em quase R$ 100 milhões. O grupo seria responsável por abastecer cidades do Norte e Nordeste, repassando drogas para facções criminosas.

“Mamon” é um termo de derivação bíblica usado para descrever riqueza material ou cobiça, na maioria das vezes, mas nem sempre, personificado como uma divindade. A própria palavra é uma transliteração da palavra hebraica “Mamon”, que significa literalmente “dinheiro”.

Mais detalhes da operação estão sendo informados neste momento em coletiva de imprensa.

CEO Fundador do portal Manaus Atual.

Mais notícias