conecte-se conosco

Homicídio

Causa da morte de servidora do TRT é emitida pelo IML

Publicado

em

Manaus – O laudo preliminar do Instituto Médico Legal (IML) aponta que a diretora da 15ª Vara do Trabalho de Manaus (AM), Silvanilde Ferreira Veiga, 58 anos, foi morta por asfixia, golpes de arma branca, entre eles, um no pescoço, e traumatismo crânio encefálico.

A servidora foi encontrada morta, na noite do último sábado,24/, no apartamento onde morava, na Ponta Negra, na zona Oeste de Manaus. O corpo foi encontrado pela própria filha, a nutricionista Stephanie Viega de Miranda.

Ainda no domingo, a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) começou a interrogar pessoas que podem ajudar a solucionar o crime, entre elas, o síndico do condomínio Gran Vista, onde a serbidora do TRT morava há mais de dez anos.

De acordo com informações de moradores, para entrar no condomínio é preciso ter acesso a um QR Code, que só é fornecido aos moradores e aos frequentadores, mas com a autorização do morador. Na noite da morte da diretora, a polícia não encontrou sinais de arrombamento no apartamento.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas